segunda-feira, 8 de julho de 2013



Um duplo arco-iris

Quer conhecer um lugar diferente, distante, pequeno e muito bonito? Coloque Ushuaia, na "Terra do Fogo" em seus planos. Conhecer os limites são objetivos dos viajantes aventureiros. Conhecemos o Alasca, ao norte e, agora, Ushuaia ao sul.

Como chegar

Aéreo:
-Viajamos no mês de fevereiro, tendo como destino principal uma viagem ao Chile. Voamos pela Lan Chile (www.lanchile.com), com conexão em Punta Arenas (ARG). 
-Vôos do Brasil, com conexão na Argentina, pela Aerolineas Argentina (www.aerolineas.com.ar)com conexão em Buenos Aires. Saindo de São Paulo, a viagem pode durar oito horas ao custo aproximado de R$1.300 reais ida e volta, por pessoa.
-Vôos Charters direto do Brasil para Ushuaia - Existem pacotes, principalmente no inverno (meio do ano), acesse www.turismoushuaia.com 
-Do Aeroporto Jorge Newbery ou Ezeiza, em Buenos Aires, o tempo de vôo é de três horas e meia.

Terrestre:
-Saindo do centro de Buenos Aires, são três mil quilometros seguindo pela Rota Nacional número 3. Programa para lá de radical. Uma dica, acesse www.patagoniaexperience.com.br

Marítimo: 
-Do porto de Buenos Aires, são de 3 a 4 dias de viagem.

Sem dúvida, chegar de avião é mais rápido e seguro. Uma boa opção é fazer uma viajem combinada com outro destino, no Chile ou na Argentina. Fizemos com Santiago. 

O que fazer

- Visita ao Glaciar Martial - Chega-se através do teleférico que sai do centro recreativo Glaciar Martial.($50,00). Muito legal a panorâmica da cidade e do canal de Beagle. A uma média caminhada depois do teleférico, entre pedras, pontes e as águas geladas que descem da geleira, chegamos à base do Glaciar. Não existe ônibus para o teleférico. O melhor é subir de táxi ($40,00 ) e, para quem desejar, outra forma seria descer a pé para a cidade.

Vista da cidade e do canal de Beagle


Teleférico

- Visitas a Museus
O Museu Marítimo de Ushuaia (www.museomaritimo.com) mostra as celas e os crimes dos antigos prisioneiros e a história marítima da cidade, afinal, são 500 anos de navegação.
O  Museu del Fin del Mundo - Na Av. Maipú, conta a história da cidade. O destaque é para a proa do navio Duquesa de Albany, que é um navio inglês, naufragado em 1883 (www.iterpatagonia.com/paseos/museufindelmundo).
        




Museu Yámana - Na Rivadavia 56, conta a história dos povos indígenas da região. 

-Passeio pelo Canal de Beagle - Imperdível. Existem várias agências que organizam o passeio, porém se desejar, vale comprar o  ingresso no Píer Turístico. Preço varia de acordo com o passeio (entre 200 e 400 pesos). Ver post "Canal de Beagle"(www.blogmundoa.com/2012/10/canal-de-beagle.html). Não esqueçam de pegar seu certificado no barco. Recordação importante.



-Visita a Estação de Esqui de Cerro Castor - Programa de inverno (junho a outubro). Infelizmente não fizemos. (www.welcomeargentina.com/castor). Fica a dica.

-Parque Nacional Tierra del Fogo - Importante parque que se estende ao norte desde o canal de beagle até o lago Fagnano (o maior da terra do fogo). Paraíso que protege  espécies  de aves e mamíferos, além de lagos e montanhas. O acesso ao parque pode ser feito por estrada, 8 km a oeste da cidade ou pelo Tren del Fin del Mundo (www.trendelfindelmundo.com.ar). Aqui se faz também Trekking e canoagem (www.turismoushuaia.com). Entrada-Parque para nós do mercosul ($80,00), estrangeiros ($110,00). Custo do passeio de trem: adulto sai por $175,00 e criança $60,00.



 -Passeio de 4x4 - Quem tem um pouco mais de tempo, vale a pena conhecer o lago Escondido e o lago Fagnano, localizados distantes da cidade. Preço em torno de 600 pesos.


-Estância Harberton - Localizado a 85 km a leste de Ushuaia, esta estância foi cedida ao missionário Thomas Bridges, por seu trabalho com os nativos da região. Existe acesso também pelo Canal de Beagle. São visitados os jardins, barcos, carpintarias  e o cemitério da família, além de uma visita a Isla Martillo, local de colônias de pinguins.

-Cruzeiros para Antártida - Melhor época é no verão, de outubro a março, quando os dias são longos e quentes. Os cruzeiros duram de 10 a 21 dias e saem de Ushuaia.



 -Passeio pela cidade - Com freqüência pegávamos uma caroninha no carro que faz o transfer do hotel para o centro. Ushuaia é uma cidade pequena com aproximadamente 65 mil habitantes e tem como rua principal a Calle San Martin.Por ser zona franca os produtos não possuem impostos aumentando a tentação das compras. O passeio é bem agradável, pricipalmente no verão, onde os dias são mais quentes, ao contrário do inverno, onde as temperaturas são negativas e o vento insuportável. O comércio fica aberto das 9-13h e depois das 16-20 horas. Encontramos lojas de esqui, produtos de couro, souvenirs, artesanatos (muitas), lojas de vinhos, chocolaterias (muito boas), produtos de madeira, restaurantes e pizzarias. Existe um ponto de informação na Calle Maipu e outro no meio da Calle San Martin. Muito bom para se pegar um mapa e saber as opções de passeio.O peso argentino é a moeda corrente, porém, o dólar é aceito em alguns estabelecimentos.
Um passeio agradável é pela orla. Esta foto abaixo na pracinha, em frente ao porto, é um lugar muito concorrido para um clik. A vista do Canal de Beagle, museus e restaurantes estão nesta agradável região.





Vez por outra encontramos pinguins circulando na cidade. Não perdemos a chance e... Registrado!




-City Tour pela cidade - A bordo de um ônibus tipo inglês. Não recomendo. O melhor é conhecer a pequena cidade caminhando ou pegar um táxi, são baratinhos, isso quando não se tem o transfer para o hotel. 
 
-Onde comer - Gostamos muito do restaurante de nosso hotel Los Nires, o Tio Alberto (www.nires.com.ar). Ali come-se bem, principalmente frutos do mar, carnes(cordeiro), todos acompanhados do delicioso vinho argentino, claro. A recomendada cerveja Quilmes e a artesanal Beagle não podem ser esquecidas. Vale uma passada no La Estancia (San Martin,253), Tia Elvira e La Cabana (www.lacabana.com.ar). Outro concorrido Restaurante é o Chez Manu, na Av Fernando Luis Martinal, 2135, pouco afastado do centro, porém, com uma comida e uma vista maravilhosa. (chezmanu.com)






Ushuaia tem seus encantos que valem uma visita de pelo menos três noites. Inclua em seus roteiros.Voltaremos no Inverno.